quarta-feira, 12 de agosto de 2009

O estúpido e sentimental homem médio



Os homens em geral não exigem a beleza autêntica, mesmo que em pequenas doses. Eles se contentam perfeitamente com a mera aparência da beleza, porque não adquiriram muito talento para diferenciar o artificial do real. Os homens avaliam as mulheres pela força de seus aspectos surperficiais, o que é tão inteligente quanto avaliar um ovo pela casca. À sua vítima é permitido contentar-se como se fosse de verdade.

As iscas que eles comem não são comestíveis e nem os alimentam, mas são brilhantes e espalhafatosas. Eles sucumbem a um par de olhos bem pintados, a um torneio gracioso de um corpo, a uma compleição sintética ou a uma simpática amostra de pernas, sem lembrarem de que ali pode haver uma mulher inteira, cuja cavidade craniana contém um cérebro que traz idiossincrasias muito mais importantes que todos os estigmas físicos combinados.
Chamemos este tipo de estúpido e sentimental homem médio. Em sua vida só cabem mulheres bonitas que acompanham tais vaidade e frivolidade, infelizmente todos os totens do encanto.

Desculpe, mas sou maior que isto.

4 comentários:

PANKADA disse...

Muito bom! Um mata-leão pra apagar qualquer um. Beijo

Trika Lopes disse...

Ta inspirada! Adorei...

Heros disse...

tá barava hoje..rsrsr

Arquitetura 3D disse...

Bem.. não sou todos.. a Trika pode comprovar.. BJ!