quinta-feira, 8 de abril de 2010

Ir´s ok to be ok


Pare de doer e flua com o desconhecido.
Caia com tudo no macio.
Aceite o desconhecido. O novo. O estranho.
E perceba que você não tem compromisso com o passado.
Você entende isso. Mas ainda não compreende.

Nenhum comentário: